"" Comece A Emagrecer Ainda Hoje: Conheça Mais Sobre A Dieta Dukan

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Conheça Mais Sobre A Dieta Dukan

Um dos maiores desafios que as pessoas enfrentam e que naturalmente causam grandes conflitos interiores é, sem dúvida alguma, a luta para obter um corpo saudável. Para ficar sempre no peso ideal nós sabemos que de fato trata-se de um caminho árduo e muito difícil de ser percorrido. No entanto, como tudo na vida, existe sempre maneira e maneiras, de se alcançar uma meta. Muitas vezes o que funciona para alguém, não necessariamente funcionará para você, mas no entanto sempre há uma forma mais rápida de se chegar a um objetivo.



Foi pensando nisso decidimos trazer para vocês o passo a passo de como fazer a dieta dukan e lhe mostrar como existem receitas simples que podem transformar (e muito) o seu conceito de alimentação saudável e de perda de peso! A dieta dukan, talvez seja a dieta que você esteja procurando quando o assunto é emagrecer. Conheça a formula para emagrecimento.

Como fazer a dieta

Há diversos livros no mercado que ensinam como deve ser feita a dieta Dukan, que aconselhamos o levantamento para conhecer mais a fundo o processo. Mas não tem segredos. Ela se estrutura em quatro fases, cada uma delas abrangendo uma etapa específica do processo de emagrecimento e de estabilização do peso ideal. Dessa forma, quando você inicia o processo de dieta, sabe que está começando um caminho e que esse deve ser seguido com rigorosidade para não acontecer um processo inverso.

As fases da dieta dukan são:

 Fase de ataque;
 Fase cruzeiro;
 Fase de consolidação;
 Fase de estabilização.
Compreenda agora como funciona cada uma delas e como você deve executá-las para alcançar os resultados prometidos.

1 – Fase de ataque
Essa é a fase mais complicada porque trata-se do período inicial. Mas, mesmo assim, a promessa é ótima: existe a possibilidade de perder até 5 kg em apenas 7 dias (uma semana). Para isso você deve colocar em seu cardápio 66 alimentos ricos em proteínas e que podem ser comidos à vontade, de acordo com o que você efetivamente queira comer. Com muita disciplina e força de vontade, essa fase poderá ser logo superada, e então você irá ter a oportunidade de vivenciar a segunda fase, que iremos explicar agora!



2 – Fase cruzeiro
Às 66 proteínas você deve acrescentar 34 legumes e verduras, sendo que ainda deve adicionar a eles 100 alimentos permitidos pela dieta. Aqui o processo se torna um pouco mais lento, em que a perda de peso acontece de maneira moderada, em média 1 kg por semana, até que se consiga atingir o peso ideal. Percebe que, embora mais lento, os resultados ainda são bastante animadores? 1 kg por semana representa, em média, 4 kg perdidos em um único mês! E quando você tiver enfim resolvido todos os problemas referentes ao sobrepeso e à obesidade, poderá então dar início à nova etapa do processo, que é o que vamos expor agora!

Processo de Estabilização


3 – Fase de Consolidação
Essa é a fase que coloca a pessoa na fase de reeducação alimentar, em que é necessário (re)aprender a se alimentar. Os pontos a serem observados são os mesmos, sem deixar de lado a disciplina e a boa vontade de se esforçar pelos objetivos a que se propõe. Nessa etapa, o que se deve fazer é acrescentar, aos 100 alimentos que já foram adaptados à alimentação, pães integrais, frutas, queijos, carboidratos e uma refeição de gala. Para essa etapa é necessária mais paciência, porque o tempo é ainda mais longo. Nesse momento, cada quilo perdido equivale, em média, a dez dias de dieta. O que se espera com essa etapa do processo é que seja evitado o efeito sanfona e se mantenha a saúde, enquanto se busca a boa forma física.

4 – Fase de estabilização
Nessa fase a alimentação é livre. Contudo, espera-se que, após todo o processo, a pessoa tenha se tornado capaz de se alimentar corretamente, comendo de tudo com moderação. Caso o contrário, os esforços terão sido em vão. Mas também há algumas regras básicas que devem ser necessariamente seguidas. São elas:

fonte: http://emagrecer.eco.br/dieta-e-cardapio/dukan/

Nenhum comentário:

Postar um comentário